Author Archives: isabelaherbetta

{Projeto Reforma} Obra Parte 5, O Fim! (?)

Cada vez que vou fazer um novo post sobre a obra, vejo as fotos anteriores e penso “Nossa, que horror que estava antes!”. Quando vejo as fotos mais antigas então, nem sei como tive coragem de postar! rs…

Mas enfim, chegou o momento tão esperado! Será? Sim, a obra acabou, meu empreiteiro até me devolveu as chaves. Dá pra acreditar? Estou bem aliviada e feliz com o resultado, isso é verdade!

Só que ainda não estou com a sensação de que acabou totalmente. Acho que só vou sentir isso quando puder fazer uma faxina geral e começar a me preocupar só com os móveis! Por enquanto ainda estamos na expectativa de um pouco mais de sujeira e bagunça quando for rolar a instalação da marcenaria, box e espelho do banheiro, e fechamento da varanda! (Depois de muito pesquisar e insistir no toldo, resolvemos fechar com vidro! Mas isso é história pra outro post…)

Depois de tantas idas e vindas, e possíveis “visitas finais” à obra, acabei não tirando fotos-finais-oficiais! Fui tirando fotos de alguns detalhes conforme foram ficando prontos… Mas pra quem foi acompanhando toda a evolução, dá pra ver que mudança incrível! Olha só:

Casa Bela - Obra Parte 5 (1) Casa Bela - Obra Parte 5 (2) Casa Bela - Obra Parte 5 (3)

Gente, como todo mundo está cansado de dizer, a iluminação dá outra vida pro ambiente! E fiquei bem contente com as escolhas que fiz, nesse sentido. Não queria uma iluminação “geral”, queria algo mais pontual e indireto. Isso somado as cores da pintura, dão o resultado que era mais importante no meu projeto: a sensação de que o apartamento te abraça quando você entra, te envolve, bem aconchegante!

Temos pontos em frente às portas, direcionados para as paredes de destaque (a parede-lousa, e o painel da TV), uma central sobre a mesa de centro, os pendentes sobre a mesa de jantar e a iluminação indireta do cortineiro em toda a parede. Nestas fotos o piso estava coberto com papelão para proteger da tinta!

Casa Bela - Obra Parte 5 (4) Casa Bela - Obra Parte 5 (5)

Estas são as últimas fotos do quarto. Na primeira dá pra ver o pendente que eu escolhi e comprei correndo no Yamamura (o lustre é este aqui), porque na minha “neura” de não colocar muita iluminação, não tinha previsto no projeto um ponto central no quarto. Mas depois achei melhor colocar, ainda mais com as paredes escuras! E gostei muito dele, dá uma luminosidade bem difusa. A parede da janela também tem aquela iluminação do cortineiro, igual a sala.

A segunda foto foi tirada em outra visita, com o piso já descoberto, o ar-condicionado instalado e as portas finalizadas e pintadas! Ufa! O azul do quarto foi ficando mais bonito à cada demão (Via Láctea da Coral). Agora estou apaixonada por ele! Com a pintura toda deu pra perceber que, principalmente se tratando de cores escuras, garantir a quantidade ideal de demãos é essencial para que a cor fique bonita!

Mas um alerta que o pintor deu, e acho importante considerar no caso de escolher uma tinta escura: cores escuras não dão “retoque”. Ou seja, estragou uma parte, tem que pintar a parede toda de novo! Senão fica marcado. Então terei que tomar cuidado redobrado daqui pra frente! Mas estou super achando que vale à pena! rsrs…

Casa Bela - Obra Parte 5 (6)

E no banheiro, a pintura epóxi cinza foi finalizada, e minhas lindas arandelas exageradas de área externa foram instaladas! Lembram do projeto do banheiro? Adorei!! (as arandelas são estas daqui, da Alloy)

Bom pessoal, e assim foi decretado o fim da obra!! Gostaram??

Mas é claro que ainda temos muito chão pela frente, e assim que tiver novidades continuarei com os próximos capítulos do {Projeto Reforma} por aqui!!

Boa semana pra vocês…

{Projeto Reforma} Obra Parte 4

Vou contar uma coisa muito séria pra vocês: eu não aguento mais essa obra! rsrs… E tá aí a maior lição que alguém pode aprender com a minha experiência: quando for fazer uma obra, por mais que não tenha prazo, invente um prazo e faça o mais rápido possível! Porque chega uma hora que cansa, mesmo. E aí parece que tudo começa a ficar enrolado, e dar errado, enfim… É o famoso momento “passou do prazo”.

Não vejo a hora de fazer uma limpeza por lá, e mudar de fase sabe? Escolher móveis, objetos…  O grosso da obra já passou, então aquela fase de mudar a cara do lugar que é bacana também já passou. Agora são aquelas pequenas pendências que parecem não terminar nunca. Tanto que eu nem queria fazer este post antes do final de tudo, mas aí o final começou a demorar tanto que vou mostrar pra vocês a “super” evolução! ;)

No último post mostrei a primeira demão de pintura e a colocação do piso. A evolução agora é basicamente da pintura ainda, mas confesso que a pintura muda bastante a cara do lugar, dá uma aparência de que está ficando pronto (tomara que sim)! Agora tivemos a segunda demão, a pintura do banheiro e da parede/pilar lousa, que são as duas maiores novidadezinhas no visual:

Casa Bela - Projeto Reforma 4 (1)

Tchanãm! Pilar e parede do banheiro pintados com tinta-preta-lousa! Achei que deu uma bela unidade para aquele volume no meio de tudo, além do preto criar um contraste lindo de fundo… Enfim, adorei! O triste é que o pilar na verdade terá que ser repintado. Nesta foto não dá pra ver, mas o resultado da tinta sobre o concreto aparente do pilar não é nada bonito! Fica irregular e manchado. Por isso vamos precisar passar massa corrida, e depois pintar novamente.

Casa Bela - Projeto Reforma 4 (2)

E o banheiro com o epoxi cinza brilhante! Eu estava morrendo de medo da pintura do banheiro, porque não tinha conseguido comprar o tom de cinza que eu procurava e acabei usando o cinza médio que já vem pronto! Estava com medo de ficar com cara de pintura de garagem sabe? hahahha…. Mas também gostei muito do visual. O pilar dá pra ver bem nessa foto como fica horrível pintado né? Também terá que ser masseado e repintado. E o epoxi brilhante dizem que é dificílimo de aplicar sem manchar, ele deixa todas as irregularidades da parede evidentes. Na foto da esquerda dá pra ver uma bela mancha na parede acima da bancada, que por sorte ficará atrás do espelho!

Casa Bela - Projeto Reforma 4 (3)

Aqui a segunda demão de pintura na sala, esse tom de areia (Porto de Pedras da Coral) é realmente lindo! E ainda vai ter mais uma demão. Pra quem tinha me perguntado quantas demãos são necessárias, na minha obra estão fazendo três!

Casa Bela - Projeto Reforma 4 (4)

No quarto o azul com a segunda demão, e esta porta que não aguento mais ver neste estado lastimável! rsrs… Este azul é bem intermediário, tem horas que parece mais escuro tem horas que parece mais claro. Eu gostei muito da cor, é bem relaxante e aconchegante, quando colocar os móveis acho que vai ficar bem bonito.

Casa Bela - Projeto Reforma 4 (5)

E agora alguns detalhezinhos finais que já estão rolando! Nosso tanque ganhou uma torneira lindona (Deca Link), comprei um modelo bem alto para poder colocar baldes e outras coisas grandes embaixo sem problemas. Este modelo na verdade é para cubas de apoio (por isso é tão alto).

E os pendentes da mesa de jantar já foram instalados! Eu comprei lá no início da obra, junto com todos os spots que foram no forro, da Alloy, lembram? A ideia inicial era que fossem pretos, mas como só tinha opção de branco, prata ou verde, acabei comprando brancos. Achei eles lindos! Pra definir a altura, lembrei da regrinha da proporção áurea que a Débora ensinou num post do Casa da Id&a! Dividi a altura do pé-direito (2,50m) pela proporção áurea (1,618), e o resultado foi 1,545, que eu arredondei para 1,55m do piso. Se você considerar que uma mesa de jantar tem por volta de 0,75m de altura, os pendentes ficarão à 0,80m da mesa, o que é uma ótima distância também! Ou seja, deu super certo!

É isso aí pessoal! O que estão achando de tudo? O próximo post sobre a obra espero que seja pra declarar o fim dela!!

Boa semana pra todo mundo! ;)

 

 

 

{Décor} Pequenas Mudanças – Parte 2

Oi pessoal! Hoje vou mostrar mais um pouco da  casa da Erika Brechtel, que comecei no post passado e contar suas 5 “dicas infalíveis” para uma boa decoração!

Sobre a minha obrita, pra quem estiver curioso, ela deu uma parada nas últimas semanas… Justo agora que falta tão pouco! Pois é, fiquei nervosa. Mas as paredes já estão com a segunda demão de tinta (ficaram lindas!) e a parede lousa também já existe! Tem algumas coisinhas ainda pra arrumar e estou esperando ter uma evolução um pouco maior pra mostrar pra vocês. Dedos cruzados pra que termine logo!

Mas vamos à casa da Erika, começando pela sala de estar, que é bem pequenina:

Casa Bela - Pequenas Mudancas - Sala (5)

Aqui a sala está num momento colorido e alegre, só com acessórios: o quadro com cores fortes, as almofadas com estampas marcantes, os livros fazendo a produção na mesa de centro (reparem sempre nas produções dela que são de babar!), o vaso com uma planta chamativa. Mas o ambiente em si é bastante neutro e sóbrio: parede clarinha, sofá escuro, poltrona branca, mesa de centro (maravilhosa) de metal com vidro e tapete discreto apesar da estampa geométrica.

Casa Bela - Pequenas Mudancas - Sala (2)

E aqui a sala com um visual mais sério, clean, masculino… Compare com a outra imagem! Aquela não tem um clima de “verão” e essa de “inverno”? Mas a alteração também foi apenas nos detalhes: o quadro com uma fotografia menos colorida e mais urbana, as almofadas apenas com texturas e sem estampas ou cores contrastantes, a mesa de centro mais vazia e com menos cor, a ausência do vaso… As duas versões são bem bonitas, mas transmitem sensações bem diferentes! Qual você prefere?

 

Casa Bela - Pequenas Mudancas - Sala (4)Casa Bela - Pequenas Mudancas - Sala (1)

Ela vive mudando pequenos detalhes, olhar fotos da casa dela parece jogo dos sete erros, cada hora você percebe alguma diferença. Este cantinho da poltrona Barcelona e mesinha Saarinen por exemplo. Na primeira foto temos uma luminária de piso e almofadinha, na segunda temos apenas um pufe de couro como complemento.

Existem 5 elementos que ela considera essenciais em qualquer decoração:

small-shop-5-pieces-to-a-great-room

Acha que está faltando algo no seu décor? Veja se tem…

1) Algo com textura ou estampa.

2) Algo brilhante.

3) Algo moderno.

4) Algo orgânico/animal.

5) Algo antigo, ou que remete ao passado.

São realmente boas ideias pra dar um up no visual quando não sabemos o que está faltando, ou por onde começar! Já vi também ela dar uma outra dica que adorei:

-Invista em pelo menos uma peça, em cada ambiente, que te deixe “nas nuvens”!

Não é o máximo essa dica? Concordo plenamente!

Agora vamos dar um pulo na Sala de Jantar:

-O “Antes”

Casa Bela - Pequenas Mudancas - Jantar (1)

-O “Durante”

Casa Bela - Pequenas Mudancas - Jantar (2)

-O “Depois”!

Casa Bela - Pequenas Mudancas - Jantar (3)

- A Erika (sim além de tudo ela é linda!)

Casa Bela - Pequenas Mudancas - Jantar (4)

 

Esse cinza das paredes é maravilhoso e está na minha listinha das cores que ainda quero usar!

O lustre foi feito pelo marido dela como presente de aniversário de 10 anos de casamento! (sim além de tudo bem casada!)

E vou parar por aqui mais uma vez, ainda falta mostrar o quarto da filha (já digo que é im-per-dí-vel), a cozinha e o escritório!

O que acharam destes ambientes?

Bom final de semana pra vocês! ;)

 

 

 

{Décor} Pequenas Mudanças

Um dos maiores medos que as pessoas tem na hora de decorar é o de enjoar, não é mesmo? Hoje quero mostrar uma casa que além de ser linda, é um bom exemplo de como uma decoração pode evoluir com o tempo e ser “reinventada”, sem precisar de grandes mudanças ou perder seu estilo original.

É a casa de uma blogueira americana, que tem um estilo muito bacana, e vive fazendo mini-mudanças nos seus ambientes – mostrando tudo no seu blog, é claro, saindo em revistas, etc.

Começando com o quarto do casal:

Casa Bela - Pequenas Mudancas - Quarto 01

Nesta primeira fase, o quarto tinha dois estilos que não estavam “conversando” muito bem na minha opinião. Na parede uma “vibe” mais moderna, com o cinza escuro e um quadro bem exótico. E na cama uma “vibe” mais clássica, com cabeceira crú de capitonês, roupa de cama bege/marrom, almofadinha central, etc…

Casa Bela - Pequenas Mudancas - Quarto 02

Na fase intermediária, parece que ela percebeu exatamente aquilo que falamos, que a cama não estava “ornando” com o resto, e se livrou de tudo aquilo: agora temos roupa de cama brancona e cinza (mas ela não resistiu à uma almofadinha central) e colocou mantas de pele cinza sobre a antiga cabeceira. Pra reafirmar o visual moderno ainda acrescentou a luminária prateada tipo “satélite”. Mas aí talvez o ambiente tenha ficado um pouco “frio” demais, não acham?

Casa Bela - Pequenas Mudancas - Quarto 03

 

E agora sim, na imagem que saiu este mês na revista online Home Adore, ela acertou a mão! Balanceou perfeitamente a frieza dos cinzas e pratas, com o calor do marrom e do cobre. Se livrou da almofadinha central e deixou apenas  estas capas de travesseiros maravilhosas escrito “bon soir” que é “boa noite” em francês (e que eu já estou super querendo igual! rsrs.) E é isso, simples assim!

Essas foram só as imagens que ela publicou, imagina quantas ela não deve ter experimentado antes, e quantas outras não passaram pela sua cabeça? Atingir a perfeição realmente não é fácil! Ainda mais pra ficar com essa cara “relax” de quem nem se esforçou pra chegar neste resultado…

Pra variar, depois eu continuo com o restante das fotos ok? rs.  Estou pegando esta mania de escrever o post em partes! É melhor e mais fácil pra mim e acredito que pra vocês também, não acham?

E o que acharam da evolução do quarto? Já fizeram alguma “redecoração” suave deste tipo?

 

{Projeto Reforma} Obra Parte 3.2

Como blogueira exemplar que sou, vou continuar o post de ontem mostrando as fotos que faltaram – da primeira demão de pintura e do piso!!

Estão preparados? Eu levei um choque quando entrei no apê e vi ele pintado pela primeira vez, porque não estava esperando ainda! Olha só:

Projeto Reforma - Parte 3 (05)

É claro que o impacto maior é no quarto com o azul escuro!! Na sala a cor é um beginho acinzentado aconchegante, a Porto de Pedras da Coral. Mas ainda estamos na primeira demão gente, depois mostro o resultado final (que eu também não vi ainda! Está em andamento.) E no quarto é um azul profundo relaxante, o Via Láctea da Coral.

Eu PRECISAVA experimentar um ambiente com cor escura na parede (em todas as paredes! Não só em uma). Vivia vendo imagens de ambientes com paredes escuras e ficava apaixonada. Mas quando vi pintado pela primeira vez fiquei apreensiva, será que eu tinha gostado mesmo? E depois ainda viria o piso preto! Aliás eu estava apreensiva com o piso preto como um todo, e se ficasse muito pesado, feio, sei lá? Isso é o que a gente mais escuta quando fala em cores escuras na decoração né? Mas enfim, eu revia minhas imagens de inspiração, relembrava o por quê das minhas escolhas, e seguia confiante!

Aí quando instalaram o piso finalmente, minhas dúvidas acabaram – eu AMEI!

Projeto Reforma - Parte 3 (06) Projeto Reforma - Parte 3 (07)

 

Tenho certeza que não é um visual pra todo mundo. Mas acho importante e interessante, saber por qual tipo de ambiente você se sente atraído, claros ou escuros, e se permitir experimentar! As pessoas tem algumas ideias e conceitos muito “pré-concebidos” pra decoração, cheios de “pode e não pode”, e cor escura é um dos itens que “não pode”! rs.

Eu percebi que, apesar de achar lindo ambientes clarinhos, vibrava com os escuros. E agora, apesar de ainda não estar tudo pronto, fiquei com a certeza que fiz a escolha certa pra mim e pro noivo, que também curtiu e participou de todas as decisões, é claro! Achei até que podia ter pintado a sala de uma cor mais escura! Mas enfim, eu ainda não estava preparada pra “escurecer” o apartamento todo! E ainda teremos a parede-lousa, tão lembrados? Meu Deus! As vezes fico pensando se não é coisa demais, mas no final acho que tudo vai se mesclar e serão apenas detalhes.

Outra coisa importante também é saber que este é apenas o pano de fundo da decoração. Agora com tudo vazio, só com parede e piso tudo parece mais evidente. Mas depois virão camadas e mais camadas de móveis, objetos, etc. que realmente vão fazer com que o ambiente ganhe vida! E eu acho que tudo fica lindo com um pano de fundo escuro! Parece que salta aos olhos sabe?

Ah! E sobre o rodapé, eu também adorei! Alguns “adeptos” de ambientes escuros (leia-se Abigail Ahern!) dizem que não se deve criar muito contraste, por exemplo com rodapés brancos ou teto branco. Mas eu adoro o visual “sublinhado” do rodapé branco e com certeza não abriria mão do forro branco. É claro que isso não “amplia” visualmente o ambiente, nem dá aquela sensação de fundo infinito, mas também estes não eram os meus objetivos neste caso! Eu preferi o visual “bem acabado” que o rodapé dá, e um pouquinho de luminosidade do forro branco (senão haja conta de eletricidade né!).

Bom, então me contem o que acharam! Estou louca pra saber a opinião de vocês.

E pra quem quiser mais exemplos de ambientes escuros que me fazem vibrar – e ter uma ideia do potencial destes ambientes – visitem estes posts:

{Cores} Paredes Escuras

{Azul Marinho} Navy Trend

Preto Sim! (post antiquíssimo mas com uma das casas mais maravilhosas de todas!)

Beijos pra todos!

 

 

{Projeto Reforma} Obra Parte 3

Tá na hora de botar este blog pra funcionar outra vez! Parece que não, mas a obra tá andando sim!! rs…

Na terceira fase da obra, rolou o seguinte:

-Instalação das Portas do Quarto e da Lavanderia

-Primeira Demão de Pintura nas Paredes

-Instalação dos Tampos de Granito na Cozinha e Lavanderia

-Instalação do Piso e Rodapé na Sala e Quarto

Agora que fiz essa listinha vi que foi bastante coisa!

Depois daquela fase dos acabamentos da cozinha e colocação das luminárias, eu precisava instalar o piso no restante do apartamento, que era o tal piso preto vinílico como mostrei aqui. Só que antes disso meu empreiteiro queria dar a primeira demão de tinta nas paredes para facilitar o trabalho de pintura depois.

Projeto Reforma - Parte 3 (02)

Aí toca comprar piso, entregar piso, escolher tinta, comprar tinta, levar a tinta… Bom, o piso já estava escolhido (ainda bem!), o atendimento da Interfloor foi ótimo, eles entregaram direitinho e deu tudo certo! Mas como não posso entregar o material direto na obra (porque não tem gente pra receber), de novo tivemos aquela maratona de levar o piso no final de semana e subir as caixas pro apê. E essas caixinhas eram beeem pesadinhas! Precisei do noivo, 2 cunhados e 1 primo pra subir tudo!

Acho que não tinha comentado que comprei o rodapé também da Interfloor, o que facilitou bastante (se não era mais uma empresa pra procurar, orçar, entregar, etc.). O rodapé era do jeito que eu queria, de poliestireno, um material super resistente que não empena, não mofa, não apodrece, é imune à cupim, enfim, indestrutível!

Quantos às tintas eu já tinha definido com 90% de certeza as cores que queria. Mas ainda faltava pensar melhor e fazer o teste da latinha.  Só que claro que não deu tempo de nada disso, tive que ir lá e comprar, e ainda passei uma tarde inteira calculando as quantidades que iria precisar de cada tipo de tinta! Acrílica, esmalte, epóxi, branco, preto, bege, acetinado, fosco, brilhante… Pro forro é uma, pro pilar é outra, pro banheiro é outra, pra sala, pro quarto… Uma trabalheira, mas já passou! rs. Sorte que foi bem na época que eu estava trocando de emprego (já viram meu perfil novo? Agora estou trabalhando com interiores!) e tive uns dias livres.

Neste meio tempo, também tirei as medidas e mandei fazer os tampos de granito que faziam parte do projeto da cozinha e lavanderia, e também foram instaladas as portas do quarto e lavanderia.

Projeto Reforma - Parte 3 (03)

As portas ficaram 100% por conta do empreiteiro. No começo até cheguei a pesquisar, mas no final só falei pra ele que queria portas “normais” pra pintura que ele podia comprar e pronto. Nem a maçaneta eu escolhi gente. Tem coisas que temos que abrir mão se não, não damos conta (pelo menos eu não dou!). Por enquanto elas estão assim cruas e sem acabamento, mas no final acho que vai dar tudo certo! rs. E elas vão ficar branquinhas também.

Projeto Reforma - Parte 3 (04)

As bancadas de granito achei que ficaram ótimas. A própria marmoraria que executou já me vendeu o tanque embutido, para fazer o recorte e selar na pedra. E eu comprei o cooktop para fazerem o recorte também no tamanho certo e embutir. Na parte do cooktop fizeram apenas uma extensão da bancada que já existia, no mesmo Granito São Gabriel. E na lavanderia foi feita a bancada toda com tanque e fechamento na lateral pra encaixar a máquina lava&seca embaixo. Caso estejam achando estranho, o revestimento de tijolinho está alinhado com o armário superior, que não existe ainda. Não pude alinhar com o final da bancada por causa do aquecedor à gás que também vai nesta parede, bem no meio!

Pra este post não ficar muito longooo, vou parar por aqui e no próximo eu mostro como ficou o piso e a primeira demão de tinta!! Já adianto que MUDOU a cara do apê completamente!! Prometo que não vou sumir de novo, e se possível posto amanhã mesmo estas fotos ok??

Mas antes me contem o que estão achando da evolução toda… Gostaram? Ah, e o blog passou por algumas mudanças (coisas técnicas, de servidor, etc.) se notarem algum probleminha me avisem pra eu corrigir ok?

Abraços e até a próxima! ;)

 

 

 

{Projeto Reforma} Parede Lousa

Acho que quase todos os blogs de decoração já fizeram um post sobre as tais “Paredes-Lousa”. E agora chegou a minha vez, heheh… Mas tenho os meus motivos! Eu sempre achei a ideia super bacana, enfim, parece divertido ter uma parede interativa em casa, que você possa rabiscar, além de ser algo bem charmoso e estiloso também.

Parede Lousa - casabelablog.com

Mas enfim, não é algo que você pense em usar em qualquer situação, em geral ela precisa de um empurrãozinho, um motivo pra existir. E foi o que aconteceu comigo.

Vocês viram todo o desenvolvimento do projeto do meu apê, e não tinha nada de parede lousa. Daí que, como comecei a comentar semana passada, vieram os orçamentos de marcenaria e eu comecei a cortar algumas coisas. Além da sala de jantar, cortei o painel de madeira na porta do banheiro, que ficava na área do escritório, tão lembrados?

Casa Bela - Projeto Reforma - Escritorio

Mas não queria de jeito nenhum deixar uma porta “normal” ali. Ainda mais com a porta do quarto do lado. Comecei a pensar o que fazer de diferente naquela parede, pensei até no tal mapa gigante que apareceu na imagem da mesa de jantar com banco do post passado. Mas o noivo não curtiu a ideia, e realmente parecia algo muito forte, que ia enjoar logo.

Daí que eu pensei na parede lousa, uma ideia ótima para área do escritório. Mas eu ainda achei que era uma intervenção muito forte para uma parede muito pequena, ia ficar um visual meio perdido, chamando ainda mais atenção para o pedacinho de parede com a porta do banheiro.

Projeto Reforma - Parede Lousa (8)

Projeto Reforma - Parede Lousa (10)

Foi quando o meu empreiteiro comentou sobre o tal pilar de concreto aparente, que fica encostado nessa parede. Depois de passar resina para selar o concreto, o visual fica bem manchado e rústico, se era isso mesmo que eu queria, ou se preferia buscar outra solução…

E foi assim que, da mesma forma que desisti do teto em concreto aparente e do piso em cimento queimado, eu desisti do pilar de concreto aparente! Aiai… Nessas horas eu sempre lembro de um conselho de design de interiores - “Não tenha nada na sua casa que você não ame completamente!”. E é verdade. O tal pilar seria a primeira coisa que eu veria ao entrar em casa todos os dias. Já pensou que chato dar de cara com algo que não é muito sua cara, ou que você não curte 100%? Também acho que o legal destas opções, é quando elas estão inseridas no “conceito” da projeto e conversam de alguma forma com o restante da decoração. O pilar rústico em concreto acabou ficando isolado no visual de meu décor, que tem um conceito mais aconchegante.

Resolvido o problema da parede-lousa ser muito pequena – acrescentei o pilar! Terei um volume todo único, um bloco bem no meio do apartamento – pintado de preto lousa! Claro que fiquei um pouco apreensiva com essa decisão, por ser bem forte, ainda mais tendo o piso preto. Mas aí levei minha mãe no apartamento, e como já comentei com vocês, super confio na opinião dela. E ela adorou e aprovou! Aí fui em frente, quando ficar pronto é claro que vou mostrar tudo por aqui. Por enquanto, vejam mais algumas imagens de referência lindas que ajudaram a me convencer ainda mais…

Projeto Reforma - Parede Lousa (2) Projeto Reforma - Parede Lousa (3)
Projeto Reforma - Parede Lousa (4)

Projeto Reforma - Parede Lousa (5)

Projeto Reforma - Parede Lousa (6)

Parede Lousa - casabelablog.com

Projeto Reforma - Parede Lousa (7) Projeto Reforma - Parede Lousa (9)
Projeto Reforma - Parede Lousa (11) Projeto Reforma - Parede Lousa (12) Projeto Reforma - Parede Lousa (13) Projeto Reforma - Parede Lousa (14) Projeto Reforma - Parede Lousa (15) Projeto Reforma - Parede Lousa (17)Projeto Reforma - Parede Lousa (16)

Não é o máximo gente? Estou super empolgada, acho que vai ficar bem legal! Pesquisei principalmente imagens de sala de jantar com parede lousa porque no final das contas, a minha parede lousa vai ficar junto ao escritório e a sala de jantar!

As tintas já estão compradas! Comprei o esmalte Coralit preto fosco, como sugerido aqui e aqui.

Quero saber o que vocês acharam dessa mega revisão inesperada do meu projeto! Esses cortes de marcenaria até que estão rendendo ótimos mudanças, não acham?

Boa semana!! :)

{Sala de Jantar} Mesa e Banco de Madeira

Já preparando vocês pra algumas revisõezinhas que vão acontecer no meu projeto (sem chororô hein! rs.), lembram da inspiração de mesas de jantar com banco? Muita gente adorou, mas muita gente também teve problemas para criar o tal banco embutido, pela necessidade de contratar um marceneiro, algo que custa bem caro e é bem trabalhoso.

E a mesma coisa aconteceu comigo, todo mundo sabe que se gasta horrores com reforma, então estou cortando tudo que é possível. Isso também entra naquela discussão de marcenaria ou móveis prontos e quem sabe até na síndrome de geração Y. Mas enfim, resolvi encontrar uma outra opção para a mesa de jantar com banco embutido, que seja tão charmosa quanto, mas só com móveis prontos! Ou seja mais prática, mais acessível e mais fácil de ser transportada e reutilizada em outros ambientes ou outras casas.

{Sala de Jantar} Mesa e Banco em Madeira - casabelablog.com

Tudo começou com essa foto em uma mão, e um orçamento estratosférico de marcenaria na outra. Eu falei, quer saber? Eu não preciso de uma mesa sob medida, nem um banco embutido. Essa sala de jantar é igualzinha à minha e olha que solução bacana!

Não estou desmerecendo de maneira nenhuma o trabalho de marcenaria, que realmente é algo super caro, deve ser de excelente qualidade, sob medida, mão-de-obra especializada etc. Quem pode fazer marcenaria, ótimo, acho maravilhoso. Mas enfim, cada um tem que buscar a melhor solução para o seu caso. E no meu, eu percebi que para este ambiente pelo menos, a marcenaria não era 100% necessária.

Foi aí que comecei a pesquisar as salas de jantar com mesa e banco de madeira e me apaixonei!

{Sala de Jantar} - Mesa e Banco em Madeira - casabelablog.com Casa Bela - Jantar com Banco Madeira (3) Casa Bela - Jantar com Banco Madeira (4) Casa Bela - Jantar com Banco Madeira (5) Casa Bela - Jantar com Banco Madeira (6) Casa Bela - Jantar com Banco Madeira (7) Casa Bela - Jantar com Banco Madeira (8) Casa Bela - Jantar com Banco Madeira (9) Casa Bela - Jantar com Banco Madeira (10) Casa Bela - Jantar com Banco Madeira (11) Casa Bela - Jantar com Banco Madeira (12) Casa Bela - Jantar com Banco Madeira (13) Casa Bela - Jantar com Banco Madeira (14) Casa Bela - Jantar com Banco Madeira (15) Casa Bela - Jantar com Banco Madeira (16) Casa Bela - Jantar com Banco Madeira (17)

Amo o contraste com cadeiras de design! Amo o clima de casa de fazenda!

Lembrei até que na casa Emily, com aquele visual todo rústico e relax, também tem!

É claro que o banco embutido tinha sim suas vantagens, como ser mais confortável, maior, com estofamento em tecido, etc. Mas pensando em tudo aquilo que  já comentei lá em cima, estou super convencida a fazer a troca! Sem ressentimentos. E vocês? Aprovam?

Boa semana!

{Projeto Reforma} Obra Parte 2

Já estava mais do que na hora de mostrar o andamento da obra por aqui né pessoal? A primeira parte que mostrei, foi basicamente a colocação do forro, a parede divisória do quarto, e a demolição para abertura da porta.

A segunda parte da obra envolveu 2 fases principais, para mim pareceram passos de tartaruga, mas até que foi bastante trabalho, olha só:

1) aplicação de massa corrida no forro preparando para a pintura + instalação das luminárias embutidas + passagem de infra-estrutura para ar-condicionado

{Projeto Reforma} - Obra Parte 2 - casabelablog.com

Levando as luminárias para a obra. As entregas dos materiais geralmente são feitas na casa do noivo, e depois nós levamos para a obra. É um trabalhinho extra, mas não tenho como garantir que terá alguém na obra para receber o material, então estamos fazendo assim!

Toda a parte de iluminação eu comprei da Alloy, e recomendo muito! Eles foram super atenciosos no atendimento, cumprimento dos prazos e tem todo tipo de luminária que você quiser! Depois faço um post só sobre isso mostrando tudo o que usei! (me cobrem…)

Casa Bela - Obra Parte 2 (2)

Nesta foto dá pra ver o forro e a parede “masseados” os seja, receberam camada de massa corrida preparando para pintura. E também as luminárias embutidas já instaladas.

Um mega contratempo que tivemos foi comprar algumas peças para voltagem 220V ao invés de 110V, e aí tivemos que trocar tudo. Enfim, essas coisas acontecem, mas vale como dica pra quem estiver nesta fase, ficar atento à voltagem! É uma bobeira e justamente por isso acabamos não prestando atenção quando temos mil outras coisas para verificar…

Casa Bela - Obra Parte 2 (3)

Essa foi a parte “já que..” da obra. Sabe aquela história de “já que estamos fazendo isso, vamos fazer aquilo também”? Pra não correr o risco de chegar o verão e morrermos de arrependimento por não ter colocado ar condicionado (principalmente neste clima doido que estamos), achamos melhor já passar a infra-estrutura para futura instalação do aparelho. Isto envolve um certo quebra-quebra, então não tinha momento mais apropriado pra isso.

2) construção das bases em alvenaria para armários + colocação do porcelanato e cerâmica na cozinha e lavanderia

{Projeto Reforma} - Obra Parte 2 - cabelablog.com

As bases em alvenaria devem render um post só sobre elas (estou prometendo muitos posts ultimamente e estou com medo de não conseguir cumprir! rs.). Mas em resumo, elas servem para apoiar os armários de marcenaria, para que não fiquem em contato com o piso (que pode molhar, sujar, etc.). Fiz um desenho para ser executado de acordo com os armários, deixando 10cm recuado (para você conseguir se aproximar sem “chutar” a base) e 15 cm de altura.

Casa Bela - Obra Parte 2 (5)

Mais uma viagem da casa do noivo à obra para entregar o porcelanato e a cerâmica, tudo no fim de semana. Essa foi dureza porque as peças eram 60x60cm e muitooo pesadas. Pra subir tudo até o apartamento precisamos da ajuda dos 2 irmãos do noivo e do pai dele.

Casa Bela - Obra Parte 2 (6)

Aqui o piso já quase todo colocado, faltando revestir as bases, e a cerâmica no comecinho da colocação. Reparem nos separadores para deixar o espaçamento pro rejunte na medida certa (2mm). Maior trabalho para fazer assim intercalado estilo “tijolinho” mas o resultado já dá pra ver que fica um charme! Também fiz uma planta especial com a paginação das peças do piso e da parede para o colocador fazer do jeitinho que eu queria. No piso optei por deixar uma peça inteira centralizada, e na parede dei início ao desenho neste canto direito acima do frontão da pia existente.

Casa Bela - Obra Parte 2 (7)

Aqui a cerâmica toda colocada e rejuntada, e o porcelanato também. Eu fiquei apaixonada pela cerâmica tipo tijolinho na parede, ficou do jeitinho que eu queria! É a Metro White da Eliane. Usei o mesmo rejunte para o piso e para a parede, cor Cinza Ártico do Quartzolit (para deixar as peças brancas em evidência). O porcelanato é o Minimum Concreto polido da Eliane. Eu havia escolhido esta cor inicialmente para mesclar com o piso em tom de madeira, mas no final vou usar piso preto lembram? Esse que é problema de mudar as coisas no meio da obra, rs. Mas acho que vai ficar bom mesmo assim, é uma cor razoavelmente escura e neutra. Aquele L sem piso lá na entrada é a parte onde irá “encaixar” o piso da sala com o da cozinha.

Ufa! Foi isso que rolou neste último mês. O que acharam de tudo? Ainda falta bastante coisa pra terminar, mas já estou começando a ver a luz no final do túnel!

Ótima quarta-feira pra todos.

{Reforma} Apartamento em Londres

Hoje vou falar de uma reforma que não é a minha… Afinal não estou indo morar em Londres (infelizmente). *O post com a segunda parte da minha obra já está à caminho, estou só esperando uma evolução maior por lá pra mostrar tudo de uma vez!

Mas já que estamos no clima, achei bem interessante a reforma deste apartamento em Londres. O dono da casa é irmão do Chris Martin do Coldplay acredita? Chique né? Ele se chama Al Martin e é arquiteto! Li tudo no site da sua cunhada, Gwyneth Paltrow… Bom, mas voltando ao mundo real, a reforma conta com algumas solução bem bacanas, e passa por aquelas situações comuns: economizar de um lado para gastar em outro, driblar a falta de espaço, aumentar a luminosidade, etc. Vem comigo!

{Reforma} Apartamento Londres - casabelablog.com

Esta é a fachada do predinho, durante e depois da reforma. O apartamento em questão é o do meio, e tem três andares. Cada andar é do tamanho de um cômodo praticamente, então para uma família de três pessoas (um casal e o bebê) é um espaço até que bem enxuto. Repare lá em cima no bloco escuro que ele construiu, para ganhar um cômodo extra. Seria o equivalente ao “puxadinho” daqui!

{Reforma} Apartamento em Londres - casabelablog.com

Se mão de obra por aqui já é algo caríssimo, imagina por lá! O próprio Al Martin colocou a mão na massa e começou a demolir tudo que existia em cada andar, com a ajuda de um amigo da vizinhança. Que pique!

Depois da demolição, um pequeno time de construção deu início ao projeto. Pisos e paredes foram completamente refeitos, mas reutilizando o máximo possível dos tijolos originais! Reciclar é preciso.

Achei interessante a cronologia: a família comprou o apartamento em janeiro de 2010, em junho começaram a demolir, em setembro deram início à obra de fato, e só depois de um ano que a família se mudou para o local! – Estou me achando super rápida agora com a minha reforma. Mas não vamos comemorar antes de terminar, né? Ainda estou no meio do caminho!

{Reforma} Apartamento em Londres - casabelablog.com

As fotos de “antes e depois” mostram como tudo valeu à pena! O que era uma cozinha (meio esquisita e mal aproveitada) virou o quarto do bebê.

{Reforma} Apartamento em Londres - casabelablog.com

A antiga sala de estar (também muito esquisita – pelo jeito disposição dos móveis não era o forte do antigo morador) virou uma sala de leitura espaçosa e arejada.

Reforma Londres 5

Apesar do visual ultra clean, alguns detalhes fazem a diferença no projeto. Neste ambiente ele investiu em móveis de design – a cadeira de madeira “Antony” de Jean Prouvé, a cadeira cinza “Organic” de Eero Saarinen e os banquinhos em formato de rolha, de Jasper Morrison.

A mesinha lateral apesar de ter um design famoso (de Eileen Gray) é apenas uma reprodução (não se pode ter tudo!). E o tampo de concreto ao fundo foi executado pelo próprio Al Martin após duas tentativas, utilizando sobras de madeira da obra para criar o molde!

A indicação de “shadow gap” que você vê acima do rodapé, é aquele “espacinho” deixado entre a parede e o rodapé – equivalente à tabica no forro – este detalhe deixa o visual bem acabado e leve. Ele foi utilizado para criar uma continuidade entre os ambientes, percorrendo inclusive a escada, juntamente com o tom de cinza clarinho das paredes.

Reforma Londres 7

Foi criado um ambiente único para cozinha e sala de jantar, eliminando a parede divisória, o que deixa o espaço mais iluminado. Como o apartamento tem janelas na frente e fundos, da mesma forma que as casas geminadas, a luminosidade pode ficar um pouco prejudicada se os ambientes foram muito compartimentados.

Um antigo forno de ferro foi convertido em lareira, inserindo uma caixa metálica sob medida em seu interior. O local da lareira já era existente, e foi mantido durante a reforma.

Reforma Londres 8

Neste ambiente as escolhas foram econômicas na hora de mobiliar. Luminária comprada no eBay (loja online tipo Mercado Livre), mesa da Ikea (loja tipo Tok&Stok), e as cadeiras também são apenas reproduções do design original de Arne Jacobsen (Que eu também ia usar na minha sala de jantar, lembram? Mas agora mudei de ideia, depois eu conto!). As janelas são cobertas por persianas rolô simples, que foram instaladas por 30 libras (aprox. R$115,00) cada.

Reforma Londres 10

Os armários da cozinha também são da Ikea. Ele investiu apenas nos tampos de granito flameado e nas portas pivotantes feitas sob medida, que permitem dividir o ambiente, especialmente no inverno para manter aquecido.

Reforma Londres 12

O quarto do casal, fica no “puxadinho” lá em cima. Uma parede se abre completamente para o exterior, deixando à mostra a vista da cidade. A decoração segue o restante da casa com um visual bem clean, e algumas peças de design interessante, como as luminárias com ar industrial.

Muito bacana e bem planejada esta reforma não acharam? Ainda mais vendo as fotos de antes e depois, parece que a casa virou outra! E passou a valer 10 vezes mais na minha opinião.

Quem quiser ler a matéria original, clique aqui.

Semana que vem conto mais da minha reforma. Bom resto de semana pessoal!